quarta-feira, 30 de maio de 2012

Capítulo 65

Tengo a ti
En mi corazón
Como una mariposa
Con alas hermosas

Traes la luz
A mi mundo
Necesito que ilumines
Mi oscuridad

Como el agua
Que fluye en el río
Pasas nuevo
Cada día

Y renuevas en mí
El deseo
Como si hubieras ido
Jamás.

7 comentários:

  1. Querida Débora,
    Como sempre seus poemas são cativantes. Estou muito orgulhosa de minha daughter-in-law.
    Beijos carinhosos da "sogrinha" querida,

    ResponderExcluir
  2. Rosário, querida!

    Você está entre as minhas maiores fãs. Tenho muito orgulho disso!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Débora querida,
    Escreva mais porque gosto de ler seus poemas.
    Beijos da sogrinha,

    ResponderExcluir
  4. Maria do Rosario Barbosa17 de junho de 2012 21:05

    Querida Débora,
    Estou com saudades de seus poemas, escreva para que os apreciemos.
    Beijos da
    Rosario

    ResponderExcluir
  5. Maria do Rosario Barbosa27 de junho de 2012 19:48

    Sempre procuro algo novo em "Simplesmente Poemas", porque me fala à alma.
    Parabéns Débora! Continue nos brindando com sua sensibilidade.
    Bjs da Rosario

    ResponderExcluir